12 de Dezembro

Os 3 da 6 mais 1: better call the calling off off.

Anúncios

Magic casual

Ah temos aqui publicados os registos dos torneios da DC6I, e já falei de um torneio de bloco na Dungeon Comics, e a ser sempre assim até parece que só jogamos Magic competitivamente. Até nem era mau, mas não há carteira que aguente.

Então, para não parecer que só jogamos em modo hardcore, e como sinceramente até acredito que é em jogo causal que, muitas vezes, se encontram das jogadas mais interessantes e memoráveis, resolvi vir aqui fazer um relato de uma jogada interessante que aconteceu no outro dia, num intervalo entre aulas, a jogar com decks de draft já meio despojados das cartas mais interessantes, num jogo entre o Miguel e o Jesus (mas ambos os decks eram do Jesus – só esse viciado é que os leva sempre para a faculdade).

A jogada foi, então, a seguinte:

Depois de um jogo de relativo domínio por parte do Miguel, num dado turno o Jesus tinha na mesa um Dreamspoiler Witches e o Miguel, um Ballyrush Banneret. O Miguel baixa um Aethersnipe e o Jesus, em resposta, faz um Disperse à sua própria criatura. Por estar a jogar no turno do Miguel, faz trigger à habilidade das Dreamspoiler Witches e mata o Banneret do Miguel. Quando a stack resolve, eis que o Aethersnipe se encontra sozinho na mesa e é obrigado a devolver-se a ele próprio para a mão. Com a mana toda virada o Miguel é forçado a passar sem nada na mesa, e no seu turno o Jesus joga, assim mesmo a dar-lhe, um Spitebellows! Tirou logo ao Miguel a possibilidade de baixar com vantagem o Aethersnipe, e o jogo acabou a comprar terras e a levar com o Bellows em cima, 6 de cada vez.

Uma reviravolta gira, não foi?

Publicado em Geral. Etiquetas: , , , . 1 Comment »